Páginas

domingo, 28 de janeiro de 2018

"40% Propugnando por Intervenção Militar..."

Em recente reportagem publicada pelo Yahoo!, temos menções de que 40% do eleitorado brasileiro estaria propugnando por uma nova intervenção militar no Brasil...

Na matéria, o nosso atual Comandante do Exército, General Eduardo Dias da Costa Villas Bôas, expressa o sentimento de que isto seria um retrocesso na realidade institucional brasileira. O que é consenso nos melhores âmbitos da nossa sociedade. Civis, militares e religiosos.

A vitalidade política de um país se dá pela qualidade da participação dos seus cidadãos cônscios da importância moral e cívica da contribuição de cada um. Tanto no que se faz governamentalmente quanto no que se realiza nas demais dimensões da sociedade civil. Em que temos o exercício do voto somente como ínfima parte do processo de gestão dos poderes de Governo. Na projeção do que cada indivíduo pode contribuir no desenvolvimento socioeconômico em todas as esferas de sua atuação potencial. 

Intervenção militar para restauração de uma qualidade socioeconômica brasileira antes do atual caótico estado de coisas já vivenciada reflete grave realidade. A começar, pelo que reflete que os quarenta por cento considerados eleitores, preponderantemente civis, pouco têm se disposto a participar de forma mais pujante da defesa do interesse público. Com suas próprias adesões, por exemplo, a Partidos Políticos. Nos quais, com suas consciências de moral e civismo e estimadas coadunadas qualificações profissionais ou técnicas, poderiam articular-se até mesmo a substituir mandatários insatisfatórios. Envolvidos em escândalos administrativos e de corrupção como os que temos divulgados pela Imprensa. Ou apáticos na produtividade de ordem governamental por excelência.

Recomendável é pensar em como as Forças Armadas vêem a postura de parte de nossa população somente esperando nelas uma solução ordeira e qualificada de Governo satisfatório e portanto respeitável a bem no País e no exterior. Quando esta mesma parte de nossos concidadãos não se engaja com despojamento moral e cívico. Como que acomodada na confortável ideia de apenas contribuir ao desenvolvimento com atividades à margem relativa do que poderiam ser a nível de Governo ou organização e qualidade político-partidária...

Pensar que as Forças Armadas entendem que assumir o que seria de se esperar de exercício moral e cívico precipuamente civil seria fator de respeitabilidade para com a mesma é alienação. Ignorante ilusão. Além do que isto as fortaleceria a que, uma vez assumindo a gestão do que é ideologicamente imputado a civis, pudessem assim concluir pelo precário interesse civil em afazeres de Estado ou Governo a bem. E portanto ver a sociedade civil, ainda que ponderamente, como um todo desqualificado ou negligente para com seus imperativos de zelo pelo que é de interesse público a bem.

Civil nenhum pense que as Forças Armadas não poderão jogar na cara de quem justificaria, por comodismo, corrupção de valores, e portanto negligência tal, isto tudo... No que expressar claramente: "Assumimos porque vocês não são de nada!" não seria contraditório...  

sábado, 23 de dezembro de 2017

Natal é Festa de Família e Fé

Celebrar o Natal é congraçamento de família. Pela memória do nascimento de Um Novo Membro. Que veio ao mundo para que cada pessoa pudesse ter a felicidade e a paz que toda família almeja. Congregando no Espírito Santo da Paz. Que proporciona felicidade na vida em plenitude.

Celebrar o Natal é, pela condição social concernente à natureza de Quem o justifica, essencialmente uma festa religiosa. Realizada em virtude de uma expectativa real de unicidade familial. Em que os patriarcas são Deus e Sua Maria Santíssima e o primogênito dentre todos os irmanados é Jesus.

O Pai nosso que está nos céus, no universo inteiro, a Santíssima Mãe, o Filho Messiânico e o Espírito Santo, todos da paz, são a ela essenciais. Sem agitações atabalhoadas, atropelos, desordens, desuniões, desvarios, enganos, ilusões, intrigas ou males de quaisquer outras formas. Tudo para que cada ser humano tenha a felicidade da paz em família.

Seus devotos têm, como razão da atenção a Eles, a felicidade e a ordem da paz naturais de uma família integrada e unida. Por laços de amizade, amor, desejos de felicidade e vida em plenitude. Aqui e eternamente.

Independentemente do discernimento na santa fé os membros de nossas famílias naturais tem, e assim das suas conjunturais participações nas solenidades religiosas de preceito e regulares, se eles celebram o Natal, o fazem com fé. Animados na fé, nela confiantes e esperançosos no futuro prometido por Deus a todos os com Ele unidos pelo compromisso da Sagrada Aliança e pelas graças da redenção do mundo nas virtudes do Cordeiro de Deus.

Se temos condições propícias a celebrarmos o Natal junto a nossos familiais ou congraçando-nos na oração e pelos meios de comunicação, aproveitar esta oportunidade o melhor possível é rica oportunidade de revigorarmos o amor e a unidade desejados por Deus para a paz. Se não temos, comemorarmos o Natal somente nas solenidades religiosas, unidos à Família Real Celeste acima mencionada é gratificante oportunidade que ninguém deveria perder. Lembrando também do compadre de Deus, com Ele coligado como pai putativo tutorial de Jesus perante os homens, São José, o chefe da casa na Sagrada Família de Nazaré.

Independente da essencialidade de nossa participação nas festas espirituais de preceito religioso solene, estarmos juntos dos nossos familiais naturais confraternizando no espírito do Natal também é valioso. Faz mesmo parte do Natal. Que é festa de espiritualidade e família. Uma oportunidade de renovar os laços que Jesus sempre teve em mente jamais estejam frouxos. Mas, na paz e pela paz, consistentes!

Façamos portanto nossas partes, de acordo com nossas consciências, nossos respectivos discernimentos na fé, nossas condições de saúde, nossas contingências socioeconômicas, nossos limites de quaisquer naturezas. Na fé...! Na "perfeita ordem e na mais santa paz" que possamos vivificar! Os frutos, os resultados, virão de acordo com a sabedoria divina! De acordo com o Espírito Santo de Deus que age onde quer...!

Feliz Natal! Fé, graça, bem, sabedoria, paz e vida em plenitude! A você e a toda a sua família, carnal e espiritual! Que a Sagrada Família de Nazaré, com Deus Onisciente, Onipresente e Onipotente, tenha um Natal Feliz pelo melhor que nela você possa viver!


sábado, 9 de dezembro de 2017

Presenteie a Quem Você Ama com Uma Bíblia ou Um Bom Livro Sobre Ela!


Você já presenteou a quem você quer feliz com uma Bíblia ou um bom livro sobre a Bíblia antes?! Tem alguém de quem você se lembre que poderia usufruir disto a bem?! Que tal pensar nisto para este mês do Natal?! 

Ler a Bíblia inteira compreensivamente é um trabalho e tanto! Exige tempo, tenacidade e treinamento literário! O livro apresentado na página acessível por este link existe para facilitar ao essencial! E ainda mostra algumas curiosidades para uma abordagem salutar e sem tabús! E a renda de suas vendas é prioritariamente destinada a um criterioso programa assistencial! Para que todos conheçam a Deus...!

Seja o livro indicado no link ou outro de sua preferência, seja a Bíblia, ou ambas as opções de acordo com o seu conforto e com o perfil de quem você poderia assim favorecer, são um excelente presente, ou complemento espiritual de um material útil ao dia a dia! Que decerto fazem de quem presenteia um pouco ou muito mais agradável a Deus! Que também é grato! Que É Amor!

"Ai de quem não procurar a sabedoria." "Ai de quem não propagar a sabedoria." "Procurai as ciências e a sabedoria." "Ai do tímido." Tudo o que fazemos de bom para integrar a humanidade ao Senhor é motivo de alegria e satisfação para Ele! Que prolonga e revigora a vida dos Seus fiéis...!

Graça, bem, sabedoria, paz e vida em plenitude! A você e a todos os que você quer bem...! Desejo a você e a todos os que você ama e quer bem as mais ricas graças dos Altos Céus! Na dimensão e no tempo certos para que Deus e você tenham com elas os melhores proveitos para viver e fazer e viver...! Vida em plenitude, com felicidades sem preço desde agora...!

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Ano 20 de Uma Editora Brasileira !



E a T.S. SAL Editora chegou no seu ANO 20!

Tendo ontem feito aniversário de 19 anos de fundação, data da assinatura do nosso Contrato Social, estamos desde então no nosso Ano 20...! Com admiradores, amigos e alguns milhares de leitores dos poucos títulos que publicamos até agora! E centenas de milhares senão mesmo mais de 1 milhão de leitores de fascículos da série digital T.S. SAL Saúde!

Convidamos você a visitar nosso sítio Internet http://editora.tssal.com e assim fazer um reconhecimento da nossa história, nossos projetos e também a rever os boletins informativos que já produzimos e que mostram muito das nossas propostas e realizações!

Observe que, diferente do que há nos projetos Criança Esperança, o Teleton e outros similares, ou mesmo nos das Loterias da Caixa que têm grande parte da arrecadação destinada a programas de interesse público sem que apostadores tenham garantia de qualquer ganho certo e efetivamente proveitoso, nosso programa humanitário expresso é diferenciado! Ao nos prestigiar adquirindo o livro Curiosidades Sobre a Bíblia e a Doutrina Cristã, todas as pessoas já de início recebem a contrapartida de um patrimônio bibliográfico formativo de especial qualidade! Essencial para a felicidade segundo o cristianismo! E têm uma significativa parcela do valor pago destinada ao programa humanitário! E isto é somente uma parte do que fazemos neste sentido!

Congratulamo-nos com todos nossos amigos, clientes e leitores pelo prestígio que temos de vocês recebido ao longo destes 19 anos de vida! E queremos mais! Queremos que amigos que ainda não são leitores o sejam! E que amigos e leitores tenham cada vez mais importância e realizações enquanto tais! Pensem em nós, promovam o que fazemos, trabalhem conosco, vivam e façam viver de acordo com o que de melhor podemos realizar juntos! O apoio de cada um de nós pode fazer de nós um oceano de progressos...!

Chegamos ao ANO 20...! Sim...! E. assim como o passado em que fizemos e o presente que vivemos, o futuro também depende de todos nós...! Graça, bem, sabedoria, paz e vida em plenitude...!

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Considerações e Reflexões a Bem Pensar!

Durante todo este mês, ocorreu-me várias vezes publicar alguma coisa sobre a realidade político-administrativa e socioeconômica do Brasil. Referindo-me ao desempenho de nossos mandatários, especialmente dos Poderes Executivo e Legislativo. E também à responsabilidade não só deles, e de cada um de nós, da população, o povo, pelas nossas condições atuais de vida.

Mas contingências econômicas e financeiras pessoais, e contextos logísticos que tenho admitido na nossa conjuntura de atitudes em torno do que tenho apresentado, limitaram minha disponibilidade de atenção e tempo para produzir alguma coisa a bem. O que poderei fazer em breve. Considerando também o retorno econômico, político e social que você e todos os outros leitores do que escrevo justificaria a mim penhorar em referências de "formação de opinião"! Afinal, diferente de Colunistas e Jornalistas pagos para apresentarem o que suas equipes de produção lhes prescreve ou expressarem seus enfoques pessoais relativos, enquanto aqui somente sendo Cronista independente não sou assim remunerado! No que a resposta da população de meus leitores, expressada pelo apreço ao que apresento ao Brasil e ao mundo, pode se dar a bom termo pelo seu prestígio comercial ao que ofereço em produtos e serviços! Uma realidade de países desenvolvidos, de povos maduros quanto a democracia e qualidade de vida em sociedades de livre iniciativa. Em que o clientelismo diante dos Poderes Públicos não os limita a construir a vida somente de acordo com o que o Governo e seus mandatários eleitos poderiam a bem providenciar. Mais ainda quando temos uma diversidade de vícios de gestão que produzem corrupção em diversificadas formas. E operações como a Lava-Jato e tantas outras.

Assim, partilho abaixo algumas das minhas mais destacadas reflexões publicadas em redes sociais há algumas semanas. Deixando uma expectativa ao que poderia abordar em futuro breve, sobre os assuntos acima! A propósito, em se falando de Governo e Política, convido você a visitar meu blog originado do sistema Microsoft (Hotmail), no qual temos uma seção com diversos artigos que escrevi no meu outro blog dedicado justamente a Governo e Política! Pense em mim! Mesmo que não possa ou não queira contar comigo, em Governo ou Política! 










Lhe desejo graça, bem, sabedoria, paz e vida em plenitude! E um feliz mês de Novembro!